Portal Meon

17.04.2017

Donos de restaurantes e bares engrossam movimento contra os 'fluxos'

Empresários alegam que festas funk nas ruas estão gerando prejuízos ao setor

 

São José dos Campos, 17 de Abril de 2017 às 00h19.

Rodrigo Fernandes

 

Tenente-coronel Sadi Fernando Stamborowsky participa de reunião com empresários

Divulgação/SINHORES

 

Dono de bares e restaurantes de São José dos Campos engrossaram o movimento que cobra o fim dos 'fluxos', como são chamadas as festas funk realizadas em ruas e praças.

Na última semana, comerciantes da região e dirigentes do Sindicato dos Sindicato dos Hotéis, Restaurantes e Bares (Sinhores) se reuniram com o tenente-coronel da Polícia Militar Sadi Fernando Stamborowsky, do 1º Batalhão de Polícia Militar do Interior,

A reunião aconteceu na sede do sindicato com o objetivo de discutir propostas e soluções para coibir os 'fluxos' que têm ocorrido na região e, segundo eles, prejudicado os estabelecimentos.

“O que nós buscamos é uma ação efetiva para solucionar o problema e não apenas mudar de lugar o problema. Os jovens precisam de uma alternativa de lazer e um local apropriado, dentro das leis, para se encontrarem e é isso que o tenente irá levar até as mãos do prefeito Felicio Ramuth”, detalha o presidente do Sinhores, Antonio Ferreira Junior.

Um local para que os jovens se reúnam, "dentro das leis", foi a alternativa discutida no encontro. A intenção é apresentar esse projeto à Prefeitura de São José.

“Buscamos estabelecer uma maneira de evitar os transtornos e a violência que sempre ocorrem nesses encontros.”, explica o presidente do sindicato. 

“Muitos comerciantes da Avenida Anchieta nos alertaram sobre prejuízos com a intimidação dos clientes. Isso é um prejuízo para o comércio local como também para toda a cidade”, ressalta Antonio.

 

Fiscalização

A Prefeitura de São José têm intesificado a fiscalização para coibir os 'fluxos'.

Operações com a Guarda Municipal, agentes de trânsito e a Polícia Militar vêm ocorrendo nos últimos finais de semana nos pontos de maior concentração: as avenidas Anchieta e Lineu de Moura.

A fiscalização é feita com base na lei 9.060, de 2013, que dispõe sobre os limites de ruídos urbanos e proteção de bem estar.

Uma nova reunião promovida pelo sindicato com a PM e os comerciantes deve ocorrer na próxima semana.


  • SINHORES EM PAUTA

    Para assistir aos programas exibidos pelo SINHORES EM PAUTA clique aqui
  • LINKS ÚTEIS

    Confira aqui a lista de sites que são referência para o segmento de hotéis, restaurantes, bares e similares.
  • NEWSLETTER

    Assine a newsletter do SINHORES receba em seu e-mail todas novidades